Blog do Cid Benjamin


Receba por emial as atualizações deste blog

Caso você queira receber por email as notas e os artigos postados neste blog, é só nos fazer o pedido no campo reservado aos comentários.

Escrito por Cid Benjamin às 11h18
[   ] [ envie esta mensagem ]




Charges do dia



Escrito por Cid Benjamin às 11h05
[   ] [ envie esta mensagem ]




Coleção de frases

“É sempre a mesma turma”.
Raul Pont, secretário-geral nacional do PT. Ele não comentou o fato de essa “mesma turma” ter maioria no PT, controlar sua direção formal e manter uma direção paralela que efetivamente decide os destinos do partido.

“Essa central de inteligência que vocês montaram mais parece uma central de burrice!”
Lula, para o presidente do PT, Ricardo Berzoini.

“Esse PT conseguiu uma façanha inédita: fazer uma política econômica de direita e desmoralizar a esquerda. E o Bornhausen ainda tem raiva deles.”
José Simão, na Folha de hoje.

O governo parece um pato desarranjado: é uma atrás da outra!
José Simão, na Folha de hoje.

“Todo partido tem ladrão”.
Vladimir Palmeira, candidato ao governo do Rio pelo PT. Ele não explicou o que um partido decente deve fazer com os ladrões que descobre em seu meio.

"Sou rapariga, tenho 40 anos de cabaré, mas sou mais honesta que esses políticos".
Lurdi Jipão, candidata a deputada no Rio Grande do Norte.



Escrito por Cid Benjamin às 11h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




Perguntinha do dia

Será que, depois de tudo o que apareceu recentemente, Lula vai ao debate da TV Globo, marcado para a quinta-feira da semana que vem?



Escrito por Cid Benjamin às 11h02
[   ] [ envie esta mensagem ]




Está faltando alguém?

Vou contar uma historinha. Cada qual que tire suas conclusões.
Em fevereiro de 2002, pouco depois da morte de Celso Daniel, fui a Porto Alegre a trabalho, cobrir para um jornal do Rio o Fórum Social Mundial. Lá, conversei com José Dirceu. Tínhamos relações cordiais, ainda que no PT fôssemos adversários. Antes da conversa, ele me advertiu: “Não falo sobre a morte de Celso Daniel”. Ainda que este fosse o meu maior interesse, achei que valia a pena encontrá-lo. Conversamos e ele, depois que relaxou, tratou inclusive da morte do prefeito de Santo André. Mas apenas para tentar me convencer de que era correta a versão fantasiosa sustentada pelo PT, de que tudo não passara de um crime comum, ocasional. Vi que não valeria a pena tentar conversar seriamente sobre o assunto e deixei-o à vontade. Tampouco lhe disse o que sabia, para preservar minhas fontes de dentro do próprio PT (muito do que apurei na época nunca foi publicado, porque as fontes não autorizaram).
Lá pelas tantas, na sua megalomania, Dirceu disse: “Estou montando um serviço secreto dentro do PT. Uma coisa que será sigilosa e que as pessoas sequer saberão que existe. E esse serviço vai ficar subordinado diretamente a mim”.
Fiquei intrigado. Por que diabos ele estaria me contando isso? Será que pensa em me recrutar para seu SNI particular? Mas, depois me convenci que sua tagarelice advinha mesmo da descomunal vaidade.
Hoje, tudo indica que essa autêntica Operação Tabajara foi produto do serviço secreto criado por Dirceu.
Estará ele ainda à frente desse simulacro de KGB?
Eu não afastaria a hipótese.



Escrito por Cid Benjamin às 11h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




O chefão – texto de Otávio Frias Filho

Não comungo das idéias mais gerais do autor do artigo – que está na Folha de hoje – mas não há como discordar do que ele diz.

O MAIS recente escândalo envolvendo Lula & Cia. tornou evidentes duas coisas. A primeira já era sabida desde pelo menos o escândalo do mensalão, há mais de um ano. Ou seja, a cúpula petista instalou uma máfia sindical-partidária no aparelho do Estado.
A função dessa máfia é garantir condições para que Lula e seu grupo se eternizem no poder. O método é desviar recursos públicos e privados para financiar campanhas eleitorais, comprar adesões no Congresso e montar operações de intimidação contra eventuais adversários.
Embora ocupando postos de pouca visibilidade, o que caracteriza os integrantes da máfia é a lealdade antiga e canina a Lula, o chefão. São operadores acostumados a agir nas sombras da delinqüência municipal. Sua ação é agora "legitimada" por intelectuais como Marilena Chaui e Rose Marie Muraro, para as quais o imoral é moral se for bom para a cúpula do partido.
Todo governo tem nichos de corrupção, muitas vezes incrustados na vizinhança dos amigos do presidente.
Mas são esquemas paralelos, de caráter "particular". Traduzem a sobrevivência do velho patrimonialismo brasileiro.
Onde o PT inovou foi ao estender esses pequenos esquemas ao aparelho governamental inteiro, dando-lhes, além de comando unificado, um caráter partidário e permanente.
De fato a corrupção se tornou "sistêmica", como querem os apologistas do governo. Não no sentido de resultar das mazelas do nosso sistema político, mas por configurar uma máquina impessoal agindo dentro do Estado.
O "dossiêgate", como vem sendo chamado, revelou no entanto algo mais perturbador do que essa notícia velha. Tornou evidente que, sob o beneplácito de Lula, a máfia continua a agir de modo cada vez mais desabrido. A impunidade, como era de se prever, gerou a desfaçatez.
O favoritismo eleitoral de Lula, turbinado pelas políticas de transferência de renda, aumentou ainda mais a sensação de impunidade. E espicaçou o atrevimento, a ponto de a facção mafiosa correr o risco de prejudicar a reeleição do chefe na tentativa de reverter a vantagem dos tucanos na eleição paulista.
O próprio Lula pergunta retoricamente o que teria a ganhar com uma operação criminal desse tipo, estando sua reeleição quase assegurada. É que em geral os asseclas são mais realistas que o rei. É que cedo ou tarde a "turma" passa a agir por conta própria.
Para ilustrar a constatação, basta lembrar que foi exatamente assim que o chefe de segurança de Getúlio mandou matar Lacerda, a principal voz da oposição em 1954, num crime imbecil que derrubaria o presidente em qualquer democracia. Se houver segundo mandato, haverá muito trabalho para o Ministério Público, para o Judiciário e para o que restar de imprensa independente "neste país".



Escrito por Cid Benjamin às 11h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




Dois pesos e duas medidas

Está certa a Polícia Federal ao ter não convocado a imprensa para registrar o momento das prisões dos envolvidos no dossiêgate e ao não ter divulgado fotos da dinheirama apreendida. Mas ela precisa uniformizar procedimentos. O que não pode é proteger os acusados quando eles são do PT e, ao contrário, quando não são da corte de Lula, expô-los à execração pública.



Escrito por Cid Benjamin às 10h59
[   ] [ envie esta mensagem ]




Dinheiro viria de contas de laranjas?

É estranho a PF não ter divulgado ainda os nomes dos titulares das contas de onde saiu a dinheirama apreendida na Operação Tabajara – informação que, certamente, ela já tem. Os jornais informaram que as agências de onde os recursos foram sacados são na Lapa, em Campo Grande e em Caxias. Pelos locais, isso parece conta de laranjas. Seria que, também nesse aspecto, o PT estaria copiando Collor?



Escrito por Cid Benjamin às 10h58
[   ] [ envie esta mensagem ]




Corte de Lula tem sido bem tratada

Ao lado da “organização de caráter criminoso organizada pelo PT para saquear os cofres públicos” – a expressão não é minha, mas do procurador-geral da República, nomeado por Lula – existem outras formas de irrigar dinheiro para contas de “companheiros”. São as ONGs, que recebem sem licitação vultosos recursos. Duas delas, ligadas ao doublé de churrasqueiro e araponga de Lula, Jorge Lorenzeti, receberam durante o governo do PT R$ 33,5 milhões em verbas federais.
Eu mesmo conheço no Rio uns quantos petistas que montaram ONGs e recebem polpudos recursos do governo federal.  
Enquanto isso, a empresa de segurança do doublé de segurança e assessor direto de Lula, Freud Godoy, recebeu R$ 98 mil de Marcos Valério, a título de assessoria geral.
Como se vê, nem só dos salários vive a corte de Lula.



Escrito por Cid Benjamin às 10h55
[   ] [ envie esta mensagem ]




“Sou ético, sou PT”

Esta é do Painel da Folha.

Expedito Afonso Veloso, diretor do Banco do Brasil afastado por ajudar a montar e negociar a papelada contra os tucanos, sempre chegava para trabalhar na autarquia a bordo de minivan repleta de adesivos com os dizeres: "Sou ético; sou PT".

Não se sabe se, depois de entregar o cargo na direção do BB, por participação na Operação Tabajara, Expedito mantém o plástico no carro.



Escrito por Cid Benjamin às 10h55
[   ] [ envie esta mensagem ]




Calma, gente

Há, no entanto – é bom que se diga - petistas honestos, ainda que estejam cada vez mais cegos pelo sectarismo. Depois de optarem por permanecer no PT, muitos deles sentem-se na necessidade de defender o governo Lula a qualquer custo. Tenho visto gente informada e inteligente na faculdade em que dou aulas dizer coisas que fariam corar o professor Luizinho. Como, por exemplo, que tudo o que veio agora à tona é “armação da direita”.



Escrito por Cid Benjamin às 10h53
[   ] [ envie esta mensagem ]




Nova refundação?

Será que Tarso Genro voltará a falar na necessidade da refundação do PT?



Escrito por Cid Benjamin às 10h52
[   ] [ envie esta mensagem ]




Veja o vídeo que seria comprado pelos arapongas do PT

Do blog de Josias de Souza

O vídeo que o PT compraria é chato de dar dó. O que ele tem de mais relevante é o então ministro da Saúde, José Serra, na sede da Planam, o ninho maior dos sanguessugas em Cuiabá, numa cerimônia pública de entrega de ambulâncias. Serra confraterniza com deputados sanguessugas. Pagar quase R$ 2 milhões por esse material não é só gangsterismo, mas também burrice. Quem quiser ver o vídeo, é só clicar em http://www.olhardireto.com.br/videos/reportagem.wmv



Escrito por Cid Benjamin às 10h52
[   ] [ envie esta mensagem ]




Pior que república bananeira – artigo de Clóvis Rossi

O texto foi publicado na Folha de hoje.

SÃO PAULO - Só em um país de seriedade zero, como o Brasil, o presidente da República pode continuar a pretender ser inocente quando os seus mais graduados assessores têm contas a prestar à polícia e à Justiça.
Com a queda de Ricardo Berzoini, presidente do PT, do cargo de coordenador de campanha, tem-se o seguinte: todos os dois homens que exerceram papel idêntico ou similar nas duas campanhas de Lula caíram por algum tipo de trambique. Antonio Palocci, coordenador do programa de governo na campanha de 2002, por abuso de poder, ao determinar a violação do sigilo bancário de um caseiro.
Agora, cai Berzoini, que mentiu uma e outra vez sobre sua participação no ato ("abominável", segundo o presidente) de negociar o dossiê contra os tucanos. Nem Lula, sempre disposto a afagar os seus, mesmo aqueles que cometem crimes, agüentou o tranco e, mais uma vez, livrou-se do inconveniente para tentar não ser mais prejudicado. A queda de Berzoini atinge o terceiro presidente consecutivo do PT, depois de José Dirceu e José Genoino, todos também baleados pela onda de escândalos em que se especializou o lulo-petismo.
Fora a cúpula, há todos os demais envolvidos menos notórios, mas não menos próximos do presidente da República (churrasqueiro, segurança, o homem do BB). Depois tem petista que reclama quando o procurador-geral batiza a cúpula do PT de "organização criminosa". É pouco, conforme se vê dia após dia.
Como se não bastasse, cai também um assessor de Aloizio Mercadante (que, não surpreendentemente, diz que de nada sabia). Prova definitiva e cabal que meter a mão em matéria fecal tornou-se hábito disseminado por todos os cantos e correntes do PT. Nem em república bananeira se vê mais uma história tão sórdida, tão baixa.



Escrito por Cid Benjamin às 10h52
[   ] [ envie esta mensagem ]




Campanha entra na reta final. Participe!

A menos de dez dias para a eleição, é hora de buscar os votos dos ainda indecisos. Quem quiser ajudar na minha campanha para deputado estadual no Rio, pode aparecer na última reunião que faremos, na segunda-feira, dia 25, a partir das 19h, no Comitê Zona Sul do PSOL, à Rua Miguel Lemos, 54.
Quem não puder aparecer, mas quiser receber material de campanha, é só ligar para 22875801.
Quem morar fora do Rio, mas, ainda assim,quiser ajudar, pode telefonar ou mandar email para amigos , recomendando o voto.
Para recordar, meu número é 50050.



Escrito por Cid Benjamin às 10h51
[   ] [ envie esta mensagem ]




Programação da campanha até segunda-feira

Se você quiser se somar a alguma dessas atividades, é só aparecer. Será muito bem-vindo.

5ª feira, dia 21

8h - Metrô Lgo Machado (Luísa e Aninha)
8h/11h – Saenz Peña (Carolina e Jucirema)
10h/13h – Rio Branco com 7Set (João, Leo e Regina)
10h30/13h30 – PUC (Marco, Ricardo, Robertinho)
10h/13h – Metrô Voluntários (Julio e Dinho)
12h/13h30 – Dataprev (Julio, Dinho, Joaquim)
12h/14h – MinC/MEC (Manuel e Leila)
12h/13h30h – Rio Branco com 7Set (Renato, Leo, Zé Luis, Vagner, Fátima, Andrea, Granja, Telma)
16h/19h – Saenz Peña, Off Shop (Julio e Ricardo)
17h/19h – Estácio Rua do Bispo (Vic e pessoal do IE)
16h/19h – Largo do Machado (Klara e Natani)
16h/19h – Praia Vermelha, UFRJ (Manuel, Guilherme, Carol, Bruno)
16h/19h – Buraco do Lume (Regina, Ula, Paula, Jacob)
19h/21h – Facha (Iago e Pedro)
19h – Universidade Castelo Branco, Realengo (Cid, Chico, Ângela, Vilmar e Fernando)

 

6ª feira, 22

10h/13h – Rio Branco com Ouvidor (João, Leo e Regina)
10h/13h – Av. Copacabana com Santa Clara (Marco e Ricardo)
10h/13h – Botafogo calçadão da praia (Julio e Dinho)
12h/13h30 – Rio Branco com 7 Set (Renato, Zé Luis, Leo, Vagner, Fátima, Granja, Andrea)
12h/13h30 – Petrobrás e BNDES  (Joaquim, Leila, Iago e Rafael)
12h/13h30 – Lume (Leo, Ciquinho, Andrea)
16h/19h – UERJ, queijo  (Vic, Julio, Ricardo)
16h/19h – Largo Machado, Catete próximo BB  (Klara e Natani)
16h/19h – Av. Copacabana com Miguel Lemos (Fernando, Pedro, Alieso)
16h/19h – Metrô Fig Magalhães (Manuel, Guilherme, Carol)
16h/19h – Faculdades Cândido Mendes e Estácio Menezes Cortes (Regina, Paula, Ula, Raphael)
19/22h – Cine Unibanco (Ângela e “meninas”, a confirmar)
21h – Vôo noturno, Lapa, encontro, comitê Mosqueira (Rafael, Sandra; Paula, Bruno, Iago, Ula e outros)
22h - Cobal (Joaquim, Leo Bem e Vilmar)
22h30 – Santa Teresa, comício doméstico (Cid)

Sábado, 23/09

7h30 – Cândido Mendes, pós grad (Lílian e Andrea)
10h/12h30 – Largo do Machado, saída lateral Metrô Catete (Cyro, Ângela, Fátima, Deka, Jacob, Astrid)
10h/13h – Vila Isabel, encontro no busto de Noel Rosa (Rose, Rafael,  Manuel, Gesa, Janaína)
10h/13h – S Peña, BB e outras esquinas (Leo Lince, Antonio e pessoal do Rio Comprido)
10h/13h – Copacabana com Santa Clara (Iago, Pedro, Bruno, Rafael, Sandra, Zilda)
10h/13h – Méier (Chico,Cid, Leo Benjamin, Joaquim, Roberto, Rodolfo, Tadeu, Carol, Vilmar)
15h – Posto 9 (Cid, Joaquim, Leo, Fernando, Ângela, Iago)
19h – comício doméstico Fabio, rua Waldir Amaral 26 Play (Cid, Joaquim)
19h/22h – Estação Unibanco (Ani)
20h – Comitê da Mosqueira, a confirmar (Rafael, Sandra e outros)
21h – Cobal Botafogo (Joaquim, Iago)
20h – churrasco no Jóquei (Cid, Leo Benjamin)

Domingo, 24/09

9/11h – Nova Iguaçu, Austin (Cid, Leo Benjamin, Emílio, Leonardo)
11h – Jardim América, Praça, (Carlos, Cid, Leo)
10h13h – Aterro Flamengo (Andrea, Lílian, Guilherme, Verinha, Vilmar, pessoal do RC)
10h/13h – Atlântica com Miguel Lemos (Renato, Alieso, Fernando, Pedro, Fátima, Leo)
10h/13h – Posto 9 (Mariozinho, Iago, Jacob, Deka, pessoal do RC)
13h – Vieira Souto com Francisco Otaviano, caminhada Ipanema com Chico (TODOS)
17h – plenária do PCR (Cid e Léo Benjamin)
10h/13h – Feira do Andaraí (Gesa, Manuel e pessoal do Andaraí)
19h/22h – Cinemas de Botafogo: Unibanco (Ani Ben)

2ª feira, 25/09

8h30 – Metrô Flamengo (Lílian)
10h – Universidade Rural, (Cid, Chico, Leo, Silas, André, Leo Benjamin)
8h/11h – Saenz Peña, BB  (Carolina e Jucirema)
10h/13h – Rio Branco com Ouvidor (João, Leo e Regina)
10h/13h – Botafogo, Metrô S. Clemente  (Julio, Dinho)
10h/13h – Copacabana com Barão de Ipanema (Marco e Ricardo)
11h – coletivo de mulheres do PSOL (Lílian, Iago, Rafael)
12h30/13h30 – Banco do Brasil Compensação, Rua Barão São Francisco (Joaquim, Manuel, Cid)
12h/13h30 – Rio Branco c/ 7 de Set (Zé Luis, Leo, Fátima, Renato, Vagner, Granja)
12h/14h – Furnas  (Joaquim e Ronaldo)
12h/13h30 – Embratel, Pres. Vargas (Pedro, Leila e Tiago)
16h/18h – Pagode do Trabalhador, Renascença, Barão de S. Francisco (Cid, Joaquim, Manuel)
18h – Uerj, queijo (Joaquim, Cid, Janaína)
16h/19h – S Peña, Off Shop  (Vic, Julio, Ricardo)
16h/19h – Metrô Carioca, lado da Petrobras (Regina, Paula, Ula)
16h/19h – Metrô Fig Magalhães (Manuel, Carol e Guilhem)
16h/19h – Copacabana com Miguel Lemos (Fernando, Alieso, Bruno)
16h/19h - Largo Machado (Klara e Natani)
17h/18h30 – Uerj (Cid, Janaíana e pessoal do Contraponto, Antonio)
19h – reunião geral da campanha, Rua Miguiel Lemos, 54, Copacabana.

 



Escrito por Cid Benjamin às 10h51
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Homem
Histórico
  16/12/2007 a 31/12/2007
  01/12/2007 a 15/12/2007
  16/11/2007 a 30/11/2007
  01/11/2007 a 15/11/2007
  16/10/2007 a 31/10/2007
  01/10/2007 a 15/10/2007
  16/09/2007 a 30/09/2007
  01/09/2007 a 15/09/2007
  01/08/2007 a 15/08/2007
  16/07/2007 a 31/07/2007
  01/07/2007 a 15/07/2007
  16/06/2007 a 30/06/2007
  01/06/2007 a 15/06/2007
  16/05/2007 a 31/05/2007
  01/05/2007 a 15/05/2007
  16/04/2007 a 30/04/2007
  01/04/2007 a 15/04/2007
  16/03/2007 a 31/03/2007
  16/12/2006 a 31/12/2006
  16/11/2006 a 30/11/2006
  01/11/2006 a 15/11/2006
  16/10/2006 a 31/10/2006
  01/10/2006 a 15/10/2006
  16/09/2006 a 30/09/2006
  01/09/2006 a 15/09/2006
  16/08/2006 a 31/08/2006
  01/08/2006 a 15/08/2006
  16/07/2006 a 31/07/2006
  01/07/2006 a 15/07/2006
  16/06/2006 a 30/06/2006
  01/06/2006 a 15/06/2006
  16/05/2006 a 31/05/2006
  01/05/2006 a 15/05/2006
  16/04/2006 a 30/04/2006
  01/04/2006 a 15/04/2006
  16/03/2006 a 31/03/2006
  01/03/2006 a 15/03/2006
  16/02/2006 a 28/02/2006
  01/02/2006 a 15/02/2006
  16/01/2006 a 31/01/2006
  01/01/2006 a 15/01/2006
  16/12/2005 a 31/12/2005
  01/12/2005 a 15/12/2005
  16/11/2005 a 30/11/2005


Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo



O que é isto?